Não é novidade que Robert é um grande fã de Rami Malek, ele mesmo já declarou e inclusive já teve a oportunidade de visitar Rami no set de gravações de sua série favorita ”Mr. Robot” e de entrevista-lo em julho de 2016.

E nesta última quinta-feira (29/11) para apoiar e elogiar fortemente Rami por sua atuação como Freddie Mercury no filme Bohemian Rhapsody, Robert organizou uma pequena reunião e convidou alguns amigos, incluindo o Shaun Toub, ator que interpretou Yinsen em Homem de Ferro.

A reunião também contou com a presença da atriz Joanna Cassidy, que interpretou a mãe do personagem do Robert no Filme 1969 – O Ano Que Mudou Nossas Vidas (Ev Carr e Ralph Carr, respectivamente) rolando esse grande reencontro.
Confira os posts:

Robert:

“Eu digo, sem dúvidas, que Rami Malek está no topo das atuações da geração dele. É um rei do show completo. A fisicalidade, a voz, tudo. Você, senhor, é um dos bons”

Joanna Cassidy:

“Rami é Freddie Mercury! Estou falando pra todo mundo que eu conheço assisitr Bohemian Rhapsody. Ele estava  com o Robert Downey Jr. noite passada, que interpretou meu filho no filme 1969 com Bruce Dern. Que noite divertida!”

 

Shaun:

“Que grande apoio de Robert Downey Jr sobre o desenpenho de Rami Malek em Bohemian Rhapsody, bem merecido!”

Lembrando que, Robert e Rami estão trabalhando juntos no filme “The Voyage of Doctor Dolittle” que chega nos cinemas em 2020.

Os Vingadores: Guerra Infinita está apenas a algumas semanas de lançar — e isso é um alerta para que os fãs esperem o inesperado.

Durante a recente parada na Infinity War Press Tour, Robert Downey Jr falou sobre o filme, e as maneiras como ele abre novos caminhos para o Universo Cinematogáfico da Marvel. Como ele explicou, a grande variedade de personagens do filme são intencionalmente usados de novas formas, indo contra o que os fãs lembram dos filmes anteriores.

“Eu li em alguma revista que o 1º momento mais votado foi a briga no aeroporto em Guerra Civil, porque muitos dos super-heróis estão lá.” Downey, que interpreta Tony Stark/Homem de Ferro, explicou. “E agora que o universo se expandiu ainda mais, eu acho que uma coisa que os produtores criativos sempre não querem fazer é uma grande repetição de algo que já funcionou bem. Então, sem deixar nada escapar, acho que o desafio dessa vez foi como você pode melhorar ou expandir algo, sem repetir uma coisa que já foi bem executada antes. É tipo, eu acho de ‘anti-processo’, geralmente se alguma coisa funciona bem, nós vamos apenas continuar a fazer aquilo.”

O co-diretor Joe Russo refletiu esse sentimento, e brincou que os fãs irão ver muitos pares inesperados unidos na tela.

“Você tem que ser inovador com cada um desses filmes, porque nós já fizemos 20 deles.” Russo explicou. “Então, eu penso sobre o que é único nesse filme, e se você tem sido fã do Universo Marvel durante a última década, essa é a primeira vez que você irá ver todos esses personagens. E essa foi nossa abordagem quando estávamos trabalhando no filme. Nós sabíamos que tinhamos uma ‘estranha alquimia’ — referência ao livro Strange Alchemy, de Gwenda Bond, — e com isso eu quero dizer uma química única entre os personagens. Nós pegávamos personagens de diferentes franquias que nunca estiveram juntos antes, e os juntamos para criar combustíveis para os relacionamentos. Esse é o evento culminante, não posso falar se você os verá todos juntos ou não, mas certamente você conseguirá ver muitos deles juntos.”

Alguns membros do elenco do filme repetiram isso no passado, como Chris Hemsworth, estrela de Thor, insinuando que o filme superaria as expectativas dos fãs.

“Eu acho que as pessoas estarão animadas para ver o que eu estava animado para ver e é o encontro de Thor com os Guardiões da Galáxia e o Homem de Ferro conhecendo o Doutor Estranho.” Hemsworth explica durante uma entrevista no final do ano passado. “As interações entre todos esses personagens e as diferentes formas de química e as relações formadas são algo que irá deixar as pessoas bem impressionadas.”

Fonte

Em meio a rumores de que Robert Downey Jr deixará de interpretar o papel de Homem de Ferro depois de Vingadores: Guerra Infinita, os diretores Joe e Anthony Russo dizem que Robert não os informou sobre a aposentadoria do personagem.

Robert se tornou o favorito dos fãs quando estrelou pela primeira vez em Homem de Ferro (2008), e depois de uma década, em meio a boatos de deixar a armadura, o diretor Joe Russo disse que nenhum ator pode substituir a estrela de Hollywood como Tony Stark. “Não há ninguém que possa assumir o Homem de Ferro do Robert. Eu acho que o público não aceitaria isso. Ele nunca nos falou sobre deixar o “Homem de Ferro”, mas isso vai acontecer em algum momento.”

“Ele não pode interpretar o personagem para sempre. Tenho certeza de que há muitas outras coisas que ele quer fazer em sua carreira. Mas ele adora interpretar o personagem, eu sei disso e amamos trabalhar juntos. Vamos ver até onde vai ”, disse Joe, que co-dirigiu o filme com o irmão Anthony Russo, em uma entrevista coletiva.

Guerra Infinita possui um elenco imponente e o cineasta diz que Robert Downey Jr garantiu que todos se juntassem como um time durante todo o processo de filmagem. “Robert é um líder incrível. Ele é um ser humano muito caloroso e inclusivo. Ele é ótimo em manter o ânimo de todos e fazer com que todos se sintam convidados no processo … Um espaço criativo saudável ”, acrescenta.

O filme, previsto para ser lançado em 27 de abril nos Estados Unidos e 26 de abril no Brasil, está sendo considerado o maior filme da Marvel de todos os tempos. Joe diz que, para ele, o projeto é um passo em direção a um Universo Cinematográfico Marvel (MCU) mais diversificado. “Para mim, este Universo Marvel é como um livro. Tem sido escrito há 10 anos com todos esses filmes. Guerra da Infinita é o último capítulo deste livro. Então, no futuro, haverá novas histórias para contar. No futuro, estaremos vendo um novo começo. Pantera Negra é um deles e é tão incrível. O futuro da Marvel vai ser muito mais diversificado.”

“As pessoas estão vivendo com esses personagens há uma década e esse é o final. É muito emocionante, pois há uma sensação de encerramento e também de novos começos ”, diz ele.

Joe diz que não houve diferenças no set de gravação e eles trabalharam como um time. “Não houve confrontos com o ego. Nós éramos como uma grande família feliz ”, acrescenta.

Fonte