Tag: team downey

Depois de um longo tempo desde o seu anúncio, a série de drama The Sympathizerda HBO finalmente terá o início das gravações neste ano.

Um dos próximos projetos de Robert Downey Jr. para a televisão é a adaptação do romance “The Sympathizer” escrito por Viet Thanh Nguyen que será dirigido pelo diretor sul-coreano Park Chan-wook, seguindo o enredo que acompanhará os conflitos de um espião comunista de nacionalidade francesa e vietnamita, durante os últimos dias da Guerra do Vietnã até o seu exílio nos Estados Unidos.

Ainda sem data de lançamento e quantidade de episódios revelados, o projeto tem data prevista pra iniciar as gravações apenas em junho e deve durar cerca de um ano pra serem concluídas. Podendo assim ter seu possível lançamento apenas em meados de 2023.

Além de fazer parte da produção da série, Robert Downey Jr. também irá atuar em diversos papéis coadjuvantes do projeto, interpretando todos os principais antagonistas em papéis característicos dos Estados Unidos, como um diretor de cinema de Hollywood e até um agente da CIA.

A produção ainda está elencando atores e atrizes vietnamitas e procurando um protagonista para contracenar com Robert, que tenha traços ou descendência do país para garantir a autenticidade do projeto assim como também contará com partes filmadas no próprio Vietnã, além de Los Angeles.

# filmagens, série, The Sympathizer

Minissérie produzida por Robert Downey Jr e Susan Downey chega agradando a crítica e estrelas da série comentam sobre sua representatividade.

O primeiro episódio foi ao ar neste domingo (21) trazendo uma adaptação sobre o detetive Perry Mason, atormentado pelos efeitos da guerra em Los Angeles no ano de 1931, no período da grande depressão.

A minissérie estreou com nota 71 no Metacritic e com 100% de aprovação no Rotten Tomatoes baseando-se em sete críticas, mostrando ter agradado grande parte dos críticos.

As notas se mantiveram altas após o acréscimo de mais criticas em ambos os sites e a série recebeu o selo “Fresh” no Rotten.

A minissérie aborda a vida do detetive investigando o caso do sequestro de um bebê. A trama envolve pessoas importantes, a igreja, corrupção e questões raciais. Como afirmou a Produtora Executiva Susan Downey:

Infelizmente onde houver poder, seja policial, judiciário ou religioso, vai haver corrupção, é algo atemporal. Assim como era em 1930, é nos dias de hoje. Mas queríamos levantar sobre esses assuntos dispostos a derrubar esse sistema, sem medo de repercussões

Em entrevista à Variety, John Lithgow que interpreta um dos personagens na série falou que a série apesar de se passar num contexto de décadas atrás, tem semelhanças com o cenário em que os EUA estão passando agora.

“Quem sabia que estaríamos vivendo um período que lembrou a Grande Depressão, desemprego atingindo níveis nunca vistos desde a Grande Depressão ou salários em queda. De repente, é extraordinariamente oportuno”.

O mistério de oito episódios irá centrar na fase inicial do detetive Mason, interpretado por Matthew Rhys, que trabalha como investigador particular, e ainda não como advogado de defesa como é exibido na série de 1950.

Quando questionado a respeito dos temas de justiça social, comunidades marginalizadas e da questão racial serão abordados de maneira diferente na minissérie, Rhys diz que sim e não.

Tatiana Maslany que interpreta a irmã Alice acrescenta que as pessoas que ficarão surpresas com o cotidiano abordado na série são as pessoas brancas:

“temos o luxo de ver isso como normal, ao invés de ter vivido isso desde sempre, sabe?”

Para Chris Chalk, os temas de tensão e conflito racial não são necessariamente novos. Mas ter um personagem negro como o dele (policial Paul Drake) sendo trazido à tona e humanizado é certamente algo novo e diferente da maioria dos shows ambientados naquela época.

“O mundo não mudou muito desde quando o filmamos e quando o programa foi ao ar. Ainda é um mundo racista que não se importa com ninguém que não seja um homem branco, cristão e heterossexual. Tudo o que estamos fazendo é dizer a verdade de uma maneira muito digerível. E apenas ter um Paul Drake como policial no seu programa, é um passo.”

A minissérie contará com um total de 8 episódios, que serão lançados semanalmente.

FONTE

# Perry Mason, série

Novas Séries da HBO incluindo a produção de Robert Downey Jr. ‘Perry Mason’ para a plataforma HBO MAX tem suas datas divulgadas

O novo Serviço de Streaming da Warner, a HBO MAX está há poucos dias do seu lançamento, oficialmente marcado para o dia 27 de maio (apenas nos Estados Unidos)  e com isso a empresa divulgou uma lista e as datas das principais séries que farão parte do seu recente catalogo, onde novos títulos serão adicionados  semanalmente a partir do dia lançamento.

Entre elas, está a esperada série Perry Mason produzida pela Team Downey, tendo então como produtores executivos Robert Downey Jr. e Susan Downey, além de Tim Van Patten, Matthew Rhys, Rolin Jones e Ron Fitzgerald.

O lançamento da série na plataforma está marcado para o dia 21 de junho de 2020. Enquanto que no Brasil, a plataforma tem sua chegada prevista somente para maio de 2021.

FONTE

# Perry Mason, série, Team Downey