A segunda onda de votações para o Teen Choice Awards 2016 começaram e Capitão América: Guerra Civil está concorrendo em quatro categorias! Confira:

Melhor Vilão (#ChoiceMovieVillain)

Daniel Brühl – Capitão América: Guerra Civil 
Adam Driver – Star Wars – O Despertar da Força
Jesse Eisenberg – Batman Vs Superman – A Origem da Justiça
Aidan Gillen – Maze Runner: Prova de Fogo
Charlize Theron – O Caçador e a Rainha do Gelo
Ed Skrein – Deadpool

Melhor Ator que Rouba a Cena (#ChoiceMovieSceneStealer)

Chadwick Boseman – Capitão América: Guerra Civil
Gal Gadot – Batman Vs Superman – A Origem da Justiça
Tom Holland – Capitão América: Guerra Civil
Jena Malone – Jogos Vorazes: A Esperança – O Final
Evan Peters – X-Men: Apocalipse
Miles Teller – A Série Divergente: Convergente

Melhor Beijo (#ChoiceMovieLiplock)

Henry Cavill e Amy Adams – Batman Vs Superman – A Origem da Justiça
Emilia Clarke e Sam Claflin – Como Eu Era Antes de Você
Chris Evans e Emily VanCamp – Capitão América: Guerra Civil
Chris Hemsworth e Jessica Chastain – O Caçador e a Rainha do Gelo
Jennifer Lawrence e Josh Hutcherson – Jogos Vorazes: A Esperança – O Final
Shailene Woodley e Theo James – A Série Divergente: Convergente

Melhor Química em Filme (#ChoiceMovieChemistry)

Thomas Brodie-Sangster e Dylan O’Brien – Maze Runner: Prova de Fogo
Robert Downey, Jr., Scarlett Johansson, Don Cheadle, Paul Bettany e Chadwick Boseman – Capitão América: Guerra Civil
Chris Evans, Sebastian Stan, Anthony Mackie, Elizabeth Olsen e Jeremy Renner – Capitão América: Guerra Civil
Jennifer Lawrence e Josh Hutcherson – Jogos Vorazes: A Esperança – O Final
Daisy Ridley e John Boyega – Star Wars – O Despertar da Força
Shailene Woodley e Theo James – A Série Divergente: Convergente

Como já sabemos o site não está disponibilizado para nós, porém com a extensão do Google chamada “ZenMate” é possível realizar a votação através do site do TCA. Para votar pelo Twitter, Facebook ou Instagram é aquele mesmo sistema, basta usar a hashtag correspondente a categoria e em seguida o nome do indicado. E outra coisa muito importante, só poderá votar uma vez por dia por categoria em cada rede social.

As votaçãoes estão abertas até o dia 23 de Junho e a premiação vai ao ar dia 31 de Julho.

As técnicas de efeitos visuais que foram usadas para criar uma versão jovem de Tony Stark estão agora a serem usadas rotineiramente para dar aos atores face-lifts digitais.

Robert Downey Jr. retorna como o atual Tony Stark no filme da Disney e da Marvel Capitão América: Guerra Civil, mas os fãs do Downey podem se preparar para sentirem uma onda de nostalgia, quando, em um flashback, ele aparece na tela muito mais jovem, parecido com os filmes que ele fez nos anos 80, como em Abaixo de Zero, de 1987.

O versão adolescente de Tony Stark foi criada por artistas no Lola VFX utilizando os mais recentes truques digitais. A empresa ganhou uma reputação por este trabalho, tendo também “desenvelhecido” o personagem de Brad Pitt em O Curioso Caso de Benjamin Button (um filme que ganhou um Oscar por seus efeitos visuais). A Marvel também possibilitou criar uma versão mais nova de Michael Douglas em Homem-Formiga.

Para a cena em Guerra Civil, o processo foi iniciado durante a produção de encenação com Downey. “Em vez de substituir completamente o ator com um dublê digital, este método nos permitiu a manter o desempenho e nuances do ator,” Trent Claus, supervisor de efeitos visuais da Lola VFX, diz ao The Hollywood Reporter. “Então começamos a ajustar as filmagens de Tony Stark no set através de composição digital.”

Esse processo é semelhante ao uso de Photoshop em uma imagem parada. Diz Claus: “É um processo semelhante ao Photoshop que usa algumas ferramentas parecidas, mas ao contrário do Photoshop que é feito em uma única imagem, temos 24 quadros de filmagem por segundo.”

“Cada característica do rosto e do corpo precisava ser abordados de alguma maneira”, diz ele do trabalho em criar o Tony jovem. “Uma coisa que acontece com todos nós é que a pele do rosto diminui gradualmente em certas áreas, e precisa ser ‘levantada’ de volta para onde ela estava na idade em questão. Mas outras mudanças são extremamente sutis, como o aumento na forma que luz reflete o brilho da pele, uma redução no aparecimento de pequenos vasos sanguíneos sob a superfície de algumas partes da face, ou mais do fluxo de sangue nas bochechas, dando assim um toque juvenil, aquele ‘brilho’.”

“Desenvelhecer” um personagem por um período de 25-30 anos pode afetar a textura da pele e a pele pode envolver características como a estrutura óssea ou a postura, Claus explica. “Além disso, quando se trabalha com a aparência de um ator conhecido como Robert Downey Jr., há a pressão adicional de trazer a vida a aparência jovem que o público se lembra”, diz ele. “Neste caso, analisamos a filmagem do Sr. Downey com a idade aproximada que queríamos, que era na época do filme Abaixo de Zero [quando Downey estava nos seus 20 anos].”

A cena em particular também foi um desafio devido à sua extensão e porque envolvia um close-up. Diz Claus: “A cena foi quase de 4.000 quadros de extensão, com Tony Stark girando de um lado para o outro várias vezes, fisicamente interagindo com outros atores, e o próprio set, movendo-se cada vez mais perto da câmera, sem interrupção.”

Fonte

 

Depois de três filmes juntos (e inúmeras entrevistas) Chris Evans e Robert Downey Jr. são amigos bastante próximos, o que não é nenhuma surpresa.

Tão próximos, por exemplo, que uma das primeiras coisas  que Downey, 51, disse ao Evans, 34, no início da sua sessão de fotos para a People foi “Você olha para a frente – Vou dar-lhe um beijo na bochecha.”

Mas isso estava longe de ser a primeira vez em que ele demonstrou afeto por seu cos-estrela em Capitão América: Guerra Civil.

Downey revela que ele habilmente foi ajudar o Evans durante as filmagens, quando seu companheiro super-herói foi um pouco longe demais com um golpe particularmente desafiador.

“Eu cheguei ao set para começar a  filmar e eles me mostraram alguns minutos [de filmagem]. Tipo, ‘Aqui está o que andamos fazendo.’ Esta é um cena onde o Cap está segurando esse grande helicóptero e eu digo, ‘Quer saber? De todas as coisas que ele fez, esta seria a única que iria machucá-lo.’ Eu sabia disso”, diz Downey. “Porque eles estavam dizendo, ‘flexione e segure!’ Não foram os outros 3.000 golpes, foi isso.”

“Eu me machuquei, meu braço ficou todo ferrado”, admite Evans sobre filmar a cena, a qual é um momento memorável do trailer do filme em um clipe teaser.

Felizmente, tinha a enfermeira Robert para o resgate.

“Eu fui ao trailer do Downey e ele colocou várias coisas em todo o meu braço. Eu realmente machuquei meu braço fazendo aquela cena do helicóptero”, diz Evans.

Downey descreve as “coisas” como armas elétricas, o que estamos assumindo que seja componentes chaves para algum tipo de massageador muscular pulsante de alta tecnologia.

“Na verdade, o abraço ainda está ferrado”, diz Evans. “Eu preciso das suas coisas mais vezes.”

“Eu tenho tudo pronto para você”, responde Downey.