Como estamos acostumados, todo ano que o Robert promove seus filmes, ele passa em Nova York e concede uma entrevista ao locutor de rádio Howard Stern. No ano passado também tivemos uma entrevista, bem longa por sinal, caso não tenha visto, é só acessar o link: clique aqui . Assim como fiz no ano passado, vou traduzir os pontos mais importantes da entrevista e tentar organizar em tópicos, então é isso e bom divertimento!

-Falando sobre política

HS: Precisamos falar sobre política, me conte quem você apoia, primeiro como Robert Downey Jr e depois como Tony Stark.
RDJ: Como EU, não posso dizer. Mas como Tony Stark…ele é um pouco feminista, então acho que ele gostaria que tivesse uma mulher representando o país.
HS: Então ele apoiaria a Hilary Clinton?
RDJ: Você não notou a minha deixa?! Sim

-Falando sobre música

HS: Eu vi um vídeo seu cantando ‘Driven To Tears’, uma música do Sting, eu não sei onde era, mas ual, você arrebentou.
RDJ: Era no aniversário dele. Eu fui convidado, nós ensaiamos algumas vezes…eu faria o mesmo por que você sabe, ele não queria que eu o envergonhasse.
HS: E como foi isso tudo? Ele já te ouviu cantar, escutou o seu álbum?
RDJ: Eu vou te contar a história toda, quando eu tinha os meus 20 e poucos anos, eu gravei uma fita com os meus melhores hits, e é claro, são péssimas músicas. E eu queria que alguém ouvisse, então um dia, fui até Sting e entreguei a fita pra ele, no início ele pareceu não ligar, depois disso nunca mais ouvi falar da fita. 25 anos depois, a esposa dele, Trudie (Susan e eu somos muito próximos agora, saímos juntos, jantamos, etc) me ligou dizendo: “Sting e eu estávamos revirando nossas coisas e encontramos a fita que você deu pra ele” , e eu então disse desesperado: “ME DEVOLVA ESSA FITA”. Eu não queria que ele escutasse mais.
HS: Voltando ao vídeo, você estava cantando mesmo ou estava dublando?
RDJ: Eu estava cantando de verdade.
HS: Qual foi a sensação de cantar para o público do Sting? Você ficou nervoso? Por que é uma coisa totalmente diferente de atuar, Homem de Fero por exemplo, nos set’s você não fica nervoso, por que você já interpretou o papel tantas vezes…
RDJ: É claro que eu estava nervoso, primeiro, era ao vivo e segundo, era o aniversário dele.

-Falando sobre o Saturday Night Live

HS: Em 1985 você participou do SNL certo?
RDJ: Sim
HS: Muitos falam que foi uma das piores edições, você concorda?
RDJ: Olha, muitos não gostam de muitas coisas, mas eu me diverti, estava com Anthony Michael Hall, era intenso e o criador do programa, Lorne Michaels, contribuiu muito para a nossa cultura naquela época.
HS: Recentemente tivemos a edição de aniversário, 40 anos, de SNL, você foi convidado?
RDJ: Sim, mas não estava disponível.
HS: Então você voltaria ao programa?
RDJ: Com certeza, eu adoraria apresentar de novo.

-Falando sobre Homem de Ferro

HS: Antes de você se tornar o Homem de Fero, Tom Cruise também fez o teste para o papel, eles queriam o Tom como Tony Stark, você sabia disso?
RDJ: Não, eu sabia que eles queriam que Tom fosse o Chaplin.
HS: Isso é novidade. Mas falando novamente sobre Homem de Ferro, quando você fez o teste, você disse para si mesmo que ia conseguir ou coisa do tipo?
RDJ: Eu fui ao teste com a certeza de que iria conseguir, de que ninguém seria capaz de pegar aquele papel, pois eu estava tão preparado e confiante.

-Falando sobre biografia

HS: Você vai escrever um livro? Sobre a sua vida?
RDJ: Eu comecei a escrever um uma vez, mas eu desisti.
HS: Por que?
RDJ: Por que esse seria o assunto de toda entrevista que eu desse, seria tipo: “Na página 7, você disse que….” Seria entediante.

-Falando sobre Kiefer Sutherland

HS: Você e Kiefer eram colegas de quarto certo?
RDJ: Mais ou menos
HS: Como assim? Vocês não fizeram faculdade juntos?
RDJ: Sim, mas ele nunca ficava no quarto, sempre saia, e ai teve o problema com a Sarah [Jessica Parker], eu quase não o via.
HS: Que problema com a Sarah? Na época vocês estavam namorando não é? Ele tentou roubar ela de você?
RDJ: Sim nós estavamos juntos na época, mas ele não foi o motivo da separação, mas ele gostava dela.
HS: Ele não roubou mas sempre estava por perto?
RDJ: Era aquele tipo de ombro amigo, e você sabe, ela era normal e eu era maluco.
HS: Mas era um bom namorado?
RDJ: Eu fiz o melhor que podia.

-Falando sobre Gwyneth Paltrow

HS: É estranho ver você fazendo o Homem de Ferro e não ter a Gwyneth ao seu lado.
RDJ: É mas ela vai voltar
HS: Ela vai?
RDJ: Ela tem que voltar, eu adoro ela.
HS: Ela é fabulosa – alguém interrompe a entrevista dizendo que a Sarah Jessica Parker acabou de deixar o prédio-
RDJ: Sério? Eu adoraria vê-la
RDJ: Mas a Gwyneth é como meu ‘Passe Livre’, ela e Susan são muito amigas. Eu não vejo a hora de trabalhar com ela de novo para poder beija-la nas gravações.
HS: Você acha que a sua esposa ficaria com ciúmes?
RDJ: Sim, mas não tanto, só um pouco.
HS: Então sua esposa disse que você tem um ‘Passe Livre’ com a Gwyneth?
RDJ: Não, eu quis dizer se estivéssemos atuando juntos!
HS: Você da uma de stalker nas suas antigas namoradas?
RDJ: Eu não, estou muito feliz casado.

Algumas perguntas e respostas que não estavam no áudio original:

Sobre cirurgia plástica e se faria uma um dia: “Não e não vou. Mas existe um cirugião em LA que quer eu faça” (Por favor, não faça)

Sobre a Marvel: “Quando tem mais pessoas no elenco, mais fácil fica pra mim”

Sobre as suas rígidas escolhas para fazer filmes: “Eu quero fazer coisas com a minha esposa, eu quero passear com meus filhos, eu quero estar disponível para poder assistir aos shows da banda do meu filho…eu só quero aproveitar o meu tempo”

Sobre dinheiro: “Eu só faço o que a minha esposa manda ou o que o nosso advogado orienta. Mas se eu pudesse gastar sem controle, eu compraria um monte de casas. Mas eu tenho algumas, e parte delas são para a minha família”

Sobre Pinocchio: “Provavelmente será um musical agora, então acho que ainda vai demorar um pouco pra ser finalizado”

Confira as fotos na nossa galeria:

Aparições na TV e Entrevistas > 2016 > Robert no Howard Stern Show 04/05