Todos sabemos que Robert Downey Jr. é o Homem de Ferro em mais de uma maneira. Claro, ele é o grande gênio, bilionário, playboy e filantropo das telonas em uma armadura de ferro, mas o top de linha também está celebrando sua sétima participação em um filme da Marvel com o tão esperado Capitão América: Guerra Civil e ele também participará dos dois próximos filmes d’Os Vingadores: Guerra Infinita I e II.

Com sorte, Tony e Capitão não estarão mais brigando até lá, porque, você sabe, Thanos está chegando.

Quando perguntado sobre o assunto “Homem de Ferro 4”, Robert disse, “De certa forma é Capitão América 3, mas pra mim é como se fosse meu pequeno Homem de Ferro 4, e isso nos traz de volta àquela coisa que todos reconhecemos. Tudo se transporta para o outro lado da estrada onde ocorre uma mudança porque é assim que as coisas são até que mudem. Se mudarem.”

Ele também não sabe se dirigiria um filme da Marvel – “Veja só, essa pode ser a única parte que eles me oferecem em cinco anos!” – mas ele era só elogios em relação ao que James Gunn está fazendo no espaço com Guardiões da Galáxia.

“Gunn rodou tudo de uma maneira completamente diferente, ele sequer precisou tentar. Aquilo tomou as proporções que queríamos que tomasse então não queremos brigar com isso. Queremos dar espaço. Queremos ceder esse tipo de dinâmica poderosa que eles criaram e apoiá-los. Tipo, “Ei, quer saber? Nós vamos conquistar espaço e nos estabelecer aqui, até que vermos a necessidade de nos mudar.”

E enquanto Tony e Capitão estão trocando farpas em Guerra Civil, Downey promete aos fãs que Tony não vai seguir a rota de total vilão como fez na série de quadrinhos que leva o mesmo nome.

“Se vamos até lá, então temos que guardar isso para meu grande momento. Eu adoraria manter um público no geral e estar levemente a seu favor.”

 

Fonte