Vingadores Ultimato marcou o fim de uma era não só de mais um capítulo do Universo Cinematográfico da Marvel, mas também trouxe a despedida das duas estrelas mais importantes da franquia, Robert Downey Jr como o Homem de Ferro e Chris Evans como Capitão América, que se despedem de seus papéis e relembram esse importante legado que deixaram.

ㅤ  ㅤ 

Em entrevista para o Digital Spy Robert revela que não foi fácil, mas que foi a decisão certa e que Chris Evans e ele estão felizes por terem deixado a saga no momento certo, e estarão lá para resgatar os outros que também se aposentarem de seus papéis posteriormente.

“Nós tivemos que sair. Nós optamos por isso, e sabíamos que seria parte do trabalho descer do ônibus enquanto ele ia até outros destinos. É algo muito nobre. Eu estou feliz que ele e eu estaremos lá para receber os outros quando também terminarem suas jornadas.”

ㅤ  ㅤ 

Downey ainda acrescentou que ele “detesta” falar sobre seu “legado” e deixar sua marca, quando em comparação com Evans e Mark Ruffalo.

“Eu realmente não preciso olhar mais longe do que meus colegas. Mark Ruffalo é um ativista. Chris Evans é um americano completo, a favor da democracia. Eu realmente eu não tenho essa ambição, as habilidades, a dedicação ou a humildade que esses dois caras têm.”

Embora ele não quisesse falar sobre isso na entrevista, o impacto de Robert Downey Jr. no MCU foi bem reconhecido na D23 Expo nessa última sexta-feira 23 de agosto, onde ele se tornou uma lenda da Disney.