Quando Robert Downey Jr. traz Tony Stark de volta à tela em 3 de maio em Homem de Ferro 3 (No Brasil 26 de Abril), ele vai estar usando uma nova atualização de sua armadura, este com um outro esquema de cores, com redução de vermelho e com mais amarelo.Estes são, afinal, os dias de glória de Robert, a estrela de cinema que está classificado como o Número 1 na lista da revista Forbes de Hollywood como o ator de maior bilheteria de 2012. O ator de 47 anos de idade, já foi marca da indústria cinematográfica, frustrante mas talentoso, mas agora ele é o ponto de exclamação de Hollywood e é o herói favorito do mundo.

EW falou por telefone com o duas vezes indicado ao Oscar ,não há muito tempo para uma longa conversa sobre o novo filme, sua carreira, e sobre o Universo Marvel depois do sucesso de Os Vingadores. Vamos divulgar partes da entrevista  toda semana. Nesta primeira parte, ele fala sobre novas contratações à franquia (liderada pelo diretor e roteirista Shane Black, o roteirista Lethal Weapon cuja contratação foi defendida por Downey), e também rostos familiares (como Don Cheadle, que retorna como amigo militar de Stark , Coronel Rhodes, que vai estar usando uma armadura de guerra de sua autoria).

EW: Homem de Ferro 3 traz Shane Black, que fez sua estréia na direção com você em Beijos e Tiros , em 2005. Você já vestiu o terno em cenas de batalha em três filmes agora – dois quando foi dirigido por Jon Favreau e um por Joss Whedon – e eu estou curioso para saber se Shane fez algumas mudanças nas partes de ação?

RDJ: Nós apenas falamos sobre uma sequência – o nome ultra-secreto é a seqüência de inicialização, posso dizer-lhe que, só entre você e eu –Temos uma sequência com botas e uma luva. Posso dizer-lhe que é onde Tony só tem isso para escapar de alguns inimigos. É muito divertido, cara. Estamos levando tudo, desde o seu teste com a luva no primeiro filme, até a experiência mais extrema em Homem de Ferro 2 e Os Vingadores,para juntar tudo isso e fazer um grande desafio à física“,

EW: Eu amei as cenas de ação em Beijos e Tiros, como quando seu personagem está ali pendurado acima de uma auto-estrada, segurando a mão de um cadáver que está para fora de um caixão. Então, ele está em perigo de ser consumido pela cidade grande, mas se ele não abrir mão de uma vítima de assassinato, ele pode descobrir uma maneira de voltar á seus pés? Isso é muito bonito ,o enredo do filme, não é?

RDJ: Ele definitivamente manteve essa ideia viva – Na maneira de contar essas histórias – . É uma marca registrada de Shane  desde o início de sua carreira, e tem sido muito divertido trazer isso ao mundo de Tony Stark.

EW : Tanto dos novos integrantes do elenco quanto dos que estão retornando, quando solicitado a escolher um e explicar o porquê da escolha, Robert afirma:

“Já que eu estava falando sobre vôo, e Don está em minha mente, vou começar com ele. Rhodes está muito mais no ponto morto das coisas. Ele é muito mais dinâmico. Nós tomamos esta decisão de que enquanto Tony é um cara técnico, ele não é um cara realmente treinado. Há muita diversão com Don, pois ele é muito bom com hardware, e é um artista marcial, então é legal explorar essa possibilidade de Tony tendo momentos como em Vingadores, com o Capitão, quando ele pensa “Ah, dane-se, ele provavelmente sabe o que está fazendo.” Então há muito disso, muita diversão e muito mais profundidade para Rhodes dessa vez.”


Essa entrevista foi divida em 5 partes, então teremos novidades a semana inteira , amanhã será divulgada a segunda parte que falará sobre uma pista de Avengers 2 em Homem de Ferro 3, fiquem ligados 😉

Fonte 1 e Fonte 2