Em julho, informamos que o cineasta Paul Thomas Anderson assinou um contrato para escrever o roteiro da adaptação live-action da Warner Bros, Pinóquio de Robert Downey Jr, e havia uma possibilidade de que ele seria o diretor do longa. Nós não ouvimos mais nada sobre o projeto desde então, mas agora um novo relatório afirma que o estúdio terá de continuar a sua busca por um diretor. O envoltório de Jeff Sneider revelou ontem que Paul Thomas Anderson não será o diretor de Pinóquio.

Não se sabe se isso significa que o cineasta não está mais escrevendo o roteiro do filme, ou se ele já começou a trabalhar no roteiro. O relatório original revelou que Robert Downey Jr. e Paul Thomas Anderson são amigos há muito tempo, e eles estavam em busca de um projeto que eles poderiam colaborar em conjunto. Robert Downey Jr. foi inicialmente definido para estrelar o último filme de Paul Thomas Anderson, ”Vicio Inerente”, mas ele foi forçado a abandonar devido a conflitos de agenda com Avengers: Age of Ultron.

Antes de Paul Thomas Anderson, o roteiro foi anteriormente trabalhado por Michael Mitnick (The Giver), Bryan Fuller (Hannibal) e Jane Goldman (Kingsman: O Serviço Secreto). O projeto está em desenvolvimento desde 2012, o título de diretor já ficou entre Tim Burton e Ben Stiller, que entrou em negociações em 2013, mas um acordo nunca se concretizou. Não se sabe se o estúdio tem uma lista de possíveis substitutos para ocupar a cadeira de diretor.

O projeto tem um novo sopro de vida, graças ao sucesso de vários filmes live-action da Disney, tais como: ”Malévola e Alice no País das Maravilhas”. A Disney também está desenvolvendo seu próprio live-action de Pinóquio, e a The Jim Henson Company também tem mais um Pinocchio de Guillermo Del Toro em andamento, uma versão stop motion 3D animada do conto clássico. Muito pouco se sabe sobre os outros projetos que estão em andamento, e não está claro o que sairá primeiro.

Robert Downey Jr. vai produzir com sua esposa Susan Downey (Team Downey), ao lado de Dan Jinks. Nenhum detalhe foi dado sobre esta adaptação, baseado no romance clássico de Carlo Collodi sobre um boneco de madeira que quer desesperadamente se tornar um menino de verdade.

Fonte