postagem categorizada como: Os Vingadores: Guerra Infinita
Chris Pratt comenta a experiência de trabalhar com Robert Downey Jr em Os Vingadores: Guerra Inifinita
24.04.2017

Com os Guardiões da Galáxia finalmente cruzando caminhos com os heróis mais poderosos da terra em Os Vingadores: Guerra Infinita, Chris Pratt contou sobre a experiência de trabalhar com Robert Downey Jr.

Duas equipes épicas, finalmente se unirão em Avengers: Infinity War, onde os Heróis Mais Poderosos da Terra irão se encontrar com os Guardiões da Galáxia para enfrentar o vilão Thanos. Junto com o crossover de personagem, esta será a primeira vez que muitos dos atores do MCU’s irão compartilhar cenas juntos, algo que deixou a estrela Chris Pratt (Star Lord) tão animado e intimidado. Em uma entrevista para a Entertainment Weekly, Pratt revelou que seu diretor de Guardiões da Galáxia, James Gunn, lançou o papel com a ideia do ator ser capaz de contracenar com o Tony Stark de Robert Downey Jr.

“No início, James disse que, quando ele estava escrevendo o papel de Quill, ele estava pensando em alguém que poderia um dia estar em cena frente a frente com Robert Downey Jr. Ele sabia que o personagem tinha esse potencial, que havia um curso de colisão para esses personagens”, disse Pratt à publicação. “Naquela época, era realmente assustador pensar nisso. E ao longo dos últimos anos tenho aprendido lentamente, aprimorando meu trabalho e minha habilidade para esse tipo de coisa. ” 

Pratt também comentou sua experiência com Downey Jr. no set, comparando-a a fazer parte de um supergrupo musical com um talentoso músico de jazz. “Trabalhar com Robert é realmente normal. Ele é um ator notável”, disse Pratt. “Eu tinha ouvido histórias sobre sua ética de trabalho, e seu estilo específico de atuar no que diz respeito a estar no momento, mudando as coisas, mantendo você no chão. Essencialmente, é como atuar com um grande músico de jazz ou algo parecido. Você meio que trabalha por conta própria por anos, pensando que há uma chance de você trabalhar com esse grande músico de jazz, e então você faz, e vê-lo fazendo as suas cenas ‘solo’, você fica bombeado porque, você sabe que depois de quatro ‘takes’ você vai ter a chance de entrar e fazer sua própria coisa, e você senta lá e faz uma boa música. Foi muito legal. Eu senti que estava tocando em um supergrupo ou algo assim. “

O ator também está certo de que Infinity War vai entregar o que os fãs querem ver no filme, além de revelar que está quase terminando de filmar suas cenas. “É exatamente o que os fãs querem”, disse Pratt ao Toronto Sun. “Eu ouvi uma e outra vez das pessoas, ‘Quando os Guardiões vão se encontrar com os Vingadores?’ Eu nunca tinha certeza de como isso iria acontecer ou se isso aconteceria, mas então eles anunciaram e nos ligaram e nos disseram, estava acontecendo. Nós filmamos a maior parte – minhas coisas – e posso te dizer, os fãs não vão ficar desapontados. Vai ser muito legal. “

Fonte: Comic Book Movie

postado por Larissa
postagem categorizada como: Homem Aranha: De Volta ao Lar
Tom Holland fala como foi trabalhar com Robert Downey Jr e a relação de Peter Parker com Tony Stark
06.04.2017

Nessa entrevista o Tom Holland além de comentar sobre como foi trabalhar com o Robert e a relação do Tony Stark com o Peter, ele também falou sobre o extenso processo de audição para o papel de Peter Parker, no qual o Robert e o Chris Evans estavam envolvidos, e sobre algumas novas tecnologias que o Tony criou para o traje do Homem-Aranha. Confiram:

Você pode nos falar sobre o processo de audição?

Foi intenso, cara. Eu estava filmando outros filmes na época, eu tive sorte porque estava meio preocupado. Eu acho que se eu não estivesse trabalhando, eu teria explodido por apenas ter que ficar esperando para saber do filme. Eu fiz duas cenas com Joel Kinnaman porque eu estava fazendo um filme com ele. Depois eu fiz duas cenas com Jon Beranthal, e depois eu fiz um outra cena sozinho, e então finalmente fui fazer o teste com Robert e Chris. Isso para mim já foi uma experiência boa o suficiente – eu não precisava nem conseguir o papel. Eu estava tão feliz por ter chegado tão longe e ter trabalhado com o Robert e Chris, eu estava feliz só de ir para casa. Mas quando consegui esse papel, eu nunca estive mais feliz. Foi o dia mais louco da minha vida, foi insano. E estávamos esperando em torno do que parecia meses antes de eu descobrir –

Eu ia perguntar qual foi a sua cena de audição …

Meu Deus, minha cena de audição. As três primeiras não foram de Homem-Aranha, foi de uma das cenas Whiplash. Depois, houve algumas cenas de Homem-Aranha, mas elas tinham sido meio que inventadas. Nada do filme. Mas então a minha audição final foi com o Robert, uma cena entre nós dois que estava em ‘Guerra Civil’.

Parker se envolve nas operações comerciais de Adrian  Toomes (Abutre) quando ele tenta parar alguns homens tentando roubar um caixa eletrônico com grandes armas de alta tecnologia. Tony fala para ele ficar de fora, e que ele vai ter a chance de se tornar um vingador, uma vez que ele se formar na faculdade. Caminhando para casa, ele encontra um pedaço de tecnologia que caiu da van. Em vez de chamar Tony Stark ele decide investigar sozinho. Isso o leva a Washington, DC, que vimos nos trailers.

Você pode falar como sua relação com Tony Stark evoluiu desde ‘Guerra Civil’? Nós aprendemos um pouco sobre a história mais cedo, e sabemos que ele aparece muito no filme, e o Homem-Aranha confia nele e conta com ele, então o que você pode dizer sobre Peter e Tony?

Acho que veremos o início de uma relação tipo pai-filho. Obviamente, Tony não tem filhos, e Peter neste momento não tem nenhuma figura masculina em sua vida, então eu acho que há uma dinâmica muito bonita que o Robert e eu criamos. E, não, retiro o que disse. Eu acho que Robert é mais como um irmão mais velho do que ele é uma figura paterna porque ele pega muito no pé do Peter, é duro com ele. Mas então há aquele nível de cuidado com ele, e Robert realmente trouxe algo adorável para o personagem. É um lado muito diferente do Stark, acho que jamais visto antes.

Falando do Stark, estávamos no estúdio e vimos um monte de coisas em respeito ao enredo do filme, então o tipo de relacionamento entre Peter e Stark é um pouco mais sobre o envolvimento do Homem-Aranha. Tony quer que ele resgate gatos de árvores e faça menos lasers. Como Peter responde a isso?

Eu não posso responder isso porque senão diria algo que não devo. Mas é sobre isso que eu estou falando onde Stark está se importando com Peter porque não sente que ele está pronto ainda para ser um Vingador, e eu acho que ele pensa que o que aconteceu na Alemanha foi demais para o Homem-Aranha na época. Então ele é muito persuasivo, e ele está constantemente tentando fazer Peter ficar no Queens e salvar gatos de árvores, e parar o ladrão, e blá blá blá, e não pensar nessa escala.

O traje avançado do Homem-Aranha que Tony Stark criou está cheio de tecnologia legal que não vimos em ‘Guerra Civil’. Como vimos no trailer, o logotipo Homem-Aranha no peito pode ser implantado como um drone remoto. A maior parte da tecnologia legal foi desativada como parte de alguns sistemas de segurança, e Tony pode acompanhar o processo via GPS.

Em ‘Guerra Civil’ vimos Peter interagindo com uma tecnologia muito antiga. Você precisou de alguma explicação pra entender essa tecnologia?

Eu me lembro de ter feito aquela cena com o Robert, e perguntei a um dos caras da produção: “Você pode me explicar o que estamos fazendo aqui?” Porque eu estava desparafusando um DVD, e Robert estava tipo, “Cara, não sei o que Tony Stark faz.[risos], apenas atue, você consegue.” Foi ótimo.

No set de filmagens há algumas referências como no armazém de Toomes, tem um desenho à lápis na geladeira, feito pelo seu filho, do Homem de Ferro e do Hulk lutando contra um Chitauri durante a batalha de Nova York e na sala de aula, uma imagem de Howard Stark está  em um mural ao lado de Galileo e de Einstein.

Robert Downey Jr. retorna como Tony Stark, um mentor que prefere que o Parker desfrute seus anos de ensino médio e pare de bancar o super-herói. Sabemos que Stark fundou Damage Control. Não é apenas um cameo – Downey aparece em cinco ou seis cenas. A relação de Tony e Peter é uma dinâmica entre um irmão mais velho e irmão mais novo. Tony Stark não deveria originalmente aparecer no filme, mas depois que viram sua interação com Peter Parker em ‘Guerra Civil’, decidiram fazer ele parte da história.

Fonte: Slash Film

 

postado por Maria Eduarda
postagem categorizada como: notícias
‘Dr. Dolittle’ Ganha Data de Estreia
28.03.2017

Estaremos assistindo Robert Downey Jr. falar com os animais em 24 de maio de 2019.

A Universal datou a volta do Robert como o Dr. Dolittle, com o projeto ainda sem título para chegar aos cinemas em 24 de maio de 2019.

Anunciado na semana passada, o projeto é um relato do conto de Hugh Lofting de um homem com a capacidade singular de falar com os animais. O projeto está sendo dirigido pelo vencedor do Oscar Stephen Gaghan (Traffic) e é baseado em um roteiro de Gaghan e Tom Shepherd.

O filme será produzido por Joe Roth e Jeff Kirschenbaum por seu estúdio Roth/Kirschenbaum Films (Alice no País das Maravilhas, Maléfica), ao lado da nossa querida Susan Downey (franquia Sherlock Holmes, O Juíz) para a Team Downey.

Fonte: Hollywood Reporter

postado por Maria Eduarda
postagem categorizada como: Homem Aranha: De Volta ao Lar
Homem Aranha: De Volta ao Lar – Divulgado o segundo trailer do filme
28.03.2017

Faltando exatamente 100 dias para a estréia do novo filme, a Marvel e a Sony liberaram o segundo trailer de Homem Aranha: De Volta ao Lar. Dessa vez com mais ação do que o mostrado na San Diego Comic Con, nele podemos ver mais interação do Peter Parker (Tom Holland) com Tony Stark (Robert Downey Jr), mais ação com o vilão Abutre (Michael Keaton). Na nossa humilde opinião O TRAILER ESTÁ INCRÍVEL! Confira:

Enquanto não sai o trailer legendado, confira a descrição:

No começo do trailer do trailer o Peter pergunta ao Tony se tem algum processo ou entrevista parar poder entrar nos Vingadores e o Tony responde “Faça-me um favor, você pode ser simplesmente o homem-aranha amigável da vizinhança? Apenas fique perto do chão”. Depois na cena do Abutre ele fala que os homens ricos e poderosos com o Stark não se importam com os outros. Em seguida, o Peter diz que o que ele (o Abutre) está fazendo é muito perigoso e o Tony fala para o Peter esquecer o “cara monstruoso voador” pois existem pessoas que podem resolver esse tipo de coisa. Devido ao acidente do navio o Tony diz que vai ter que tomar o traje do Homem-Aranha do Peter de porque alguém poderia ter morrido e o ele responde “Eu só estava tentando ser como você. Eu não sou nada sem o traje.” e o Tony responde “Eu quero que você seja melhor! E se você não é nada sem o traje então não deveria tê-lo.” Em seguida, têm várias cenas do Homem-Aranha lutando contra o Abutre e ele o ameaça dizendo para o Peter não mexer com ele senão ele irá matá-lo e todos que ele ama. No fim, na cena do carro, o Tony fala para o Peter “Não faça nada estúpido, ok?” e ele responde “Claro.”

Adicionamos em nossa galeria, os screencaptures do trailer em HD, não deixe de visitar.

postado por Larissa
postagem categorizada como: Homem Aranha: De Volta ao Lar
Homem Aranha: De Volta ao Lar – Adrian Toomes, o Abutre quer vingança contra Tony Stark
27.03.2017

Em uma entrevista concedida ao USA Today, Michael Keaton e o diretor do filme Jon Watts, falaram um pouco sobre Homem Aranha: De Volta ao Lar.

Nos quadrinhos originais do Homem Aranha, Abutre é um tipo de vilão ”pateta”. Seu traje com asas lhe permitiu voar e aumentar a sua força, em seu pescoço um tipo de extensor foi colocado, que o fez parecer um abutre humano. Depois de ter sido injustiçado por seu parceiro de negócios, o engenheiro elétrico foi para o mundo do crime para se sustentar. A versão do vilão interpretada por Michael Keaton, está um pouco parecida, mas a razão para se voltar para o crime é um pouco diferente.

O produtor, Eric Hauserman Carroll, explicou que Adrian Toomes (Abutre) é um empresário que dirige uma empresa de resgate em Nova York que limpa as bagunças destrutivas das batalhas que os super-heróis criaram nos últimos anos. No entanto, ele encontra seu negócio essencialmente retirado de suas mãos, quando Tony Stark começa a querer tomar conta do lugar.  Com nenhum negócio para manter a sua vida, Toomes ao lado de Shocker (Bokeem Woodbine) e o Consertador (Michael Chernus) se juntam para criar um problema a Tony Stark, usando artefatos alienígenas (do ataque a Nova York em Os Vingadores) que foram reutilizados em armas, dando aos criminosos algumas novas e perigosas ferramentas para cometer crimes, e isso acaba chamando a atenção do Homem Aranha.

Michael Keaton explicou um pouco mais sobre a perspectiva de seu personagem como um vilão, acrescentando: “Algumas pessoas os vêem como vítimas – ele se vê um pouco assim. Ele provavelmente teria um forte argumento de que ele nunca teve sorte – como por exemplo “Por que não eu? Onde está o meu?” Enquanto isso, Eric Hauserman Carroll diz que o personagem “se torna o Tony Stark sombrio. Ele pensa que uma vez que tiver esse dinheiro e poder, ele terá mais controle de sua vida.” 

Confira um teaser do segundo trailer de Homem Aranha: De Volta ao Lar que será lançado amanhã:

Adicionamos os 3 Pôsters divulgados pela Sony de Homem Aranha: De Volta ao Lar, confira:

Fonte
postado por Larissa