Vingadores Ultimato marcou o fim de uma era não só de mais um capítulo do Universo Cinematográfico da Marvel, mas também trouxe a despedida das duas estrelas mais importantes da franquia, Robert Downey Jr como o Homem de Ferro e Chris Evans como Capitão América, que se despedem de seus papéis e relembram esse importante legado que deixaram.

ㅤ  ㅤ 

Em entrevista para o Digital Spy Robert revela que não foi fácil, mas que foi a decisão certa e que Chris Evans e ele estão felizes por terem deixado a saga no momento certo, e estarão lá para resgatar os outros que também se aposentarem de seus papéis posteriormente.

“Nós tivemos que sair. Nós optamos por isso, e sabíamos que seria parte do trabalho descer do ônibus enquanto ele ia até outros destinos. É algo muito nobre. Eu estou feliz que ele e eu estaremos lá para receber os outros quando também terminarem suas jornadas.”

ㅤ  ㅤ 

Downey ainda acrescentou que ele “detesta” falar sobre seu “legado” e deixar sua marca, quando em comparação com Evans e Mark Ruffalo.

“Eu realmente não preciso olhar mais longe do que meus colegas. Mark Ruffalo é um ativista. Chris Evans é um americano completo, a favor da democracia. Eu realmente eu não tenho essa ambição, as habilidades, a dedicação ou a humildade que esses dois caras têm.”

Embora ele não quisesse falar sobre isso na entrevista, o impacto de Robert Downey Jr. no MCU foi bem reconhecido na D23 Expo nessa última sexta-feira 23 de agosto, onde ele se tornou uma lenda da Disney.

Jeanne Yang, estilista de Robert Downey Jr e também a mais famosa de Hollywood, comentou sobre quando conheceu o Robert e como ocorreu um incidente com um dos relógios, que ela tinha escolhido para Downey, no dia em que o elenco de Vingadores estavam sendo condecorados como realeza de Hollywood em frente ao Chinese Theatre, em Los Angeles.

Enquanto o Robert estava colocando a mão no cimento para deixar suas impressões digitais marcadas, seu braço acabou encostando no cimento ainda molhado e sujando o relógio da Greubel Forsey, que custa mais de meio milhão de dólares. Porém, o relógio tinha um tipo de plástico ao redor para proteger, “Tivemos que enxaguar rapidamente, mas no final de tudo a peça não foi danificada, o relógio estava todo bom”, disse Yang.

Yang diz que seu apreço pelos relógios  foi apenas algo que a tornou conhecida, e devido a isso ela acabou vendendo um relógio Harry Winston ao Robert, que ele usou no Globo de Ouro de 2010, quando ganhou o prêmio de “Melhor Ator em um Musical ou Comédia”. “Ele disse que parecia incrível”, lembra Yang.

Fonte

A D23 Expo, evento anual da Disney teve sua abertura nessa sexta-feira com a cerimonia do Disney Legends Awards 2019, Premiação cujo o objetivo é homenagear alguns dos principais nomes da história do estúdio. No total foram 11 premiados por suas contribuições no legado da Dinsey, entre eles Robert Downey Jr e Jon Favreau, além de nomes como Ming-Na Wen e Christina Aguilera.

 ㅤ  ㅤ

Em seu discurso de agradecimento em meio aos gritos “eu te amo 3000” vindos da platéia, Robert relembra como foi sua primeira visita à Disney, na qual ele foi preso por fumar maconha no parque.


“Aqui vai uma pequena curiosidade pra vocês, a primeira vez em que eu fui a Disney eu tive que ser levado a outro lugar… momentos depois de ser preso. Fui levado a um centro de processamento surpreendentemente amigável onde levei uma bronca e retornei acompanhado de um grupo bastante decepcionado.”

Robert ainda bem humorado completou que guardou essa vergonha por anos e pediu desculpas pelo ocorrido.

“Guardei essa vergonha por anos e eu queria me desculpar com seja lá quem teve que me prender com drogas em uma das gôndolas sem uma licença.”

Depois das brincadeiras com sua ”prisão” no parque da Disney, o ator ficou sério e falou sobre seu trabalho e as pessoas da empresa.

”Estou muito feliz por estar entre um grupo tão rico e diversificado de seres humanos, todos buscando refletir os muitos desafios da vida através das lentes da expressão criativa.”

Robert Downey Jr. fez a sua estreia no universo da Disney no remake de Soltando os Cachorros em 2006, para logo depois dar início ao Universo Cinematográfico da Marvel como Tony Stark/Homem de Ferro em 2008, filme que deu início a esse enorme legado em que a Marvel Studios se tornou e que se segue até hoje. Robert encerrou seus trabalhos na Marvel Studios esse ano após Vingadores Ultimato, ele ainda relembrou de sua carreira no papel de Tony Stark agradecendo aos fãs que acompanharam os filmes da franquia desde 2008, e antes de brindar ao futuro da companhia ele terminou seu discurso com um aceno de cabeça para o que vem aí pela frente e disse:

“Então, aqui está o que eu posso fazer: eu continuo sendo um fã do primeiro e mais envolvente universo cinematográfico em evolução até agora”