Em uma entrevista Joss Whedon comentou sobre o retorno ou não de Robert em Vingadores 2 e outros possíveis futuros filmes, e sobre a presença de super heroínas nos cinemas. 
No início de maio, surgiram rumores de que o elenco de Os Vingadores queria um pouco mais de dinheiro depois de descobrir que Robert Downey Jr. sozinho ganhou US$ 50 milhões para o seu papel. Downey estava do lado deles dizendo uma vez que o restante do elenco merecia mais. Outra questão foi o fato de que Downey não tinha certeza se iria voltar como Homem de Ferro. Quando o diretor Joss Whedon foi questionado sobre toda essa confusão, ele disse que os atores não eram “pendurados para secar”. Todo mundo parece pensar que Downey vai voltar, mas Whedon falou sobre isso durante uma entrevista ao The Daily Beast.
“Ele é o Homem de Ferro. Ele é o Homem de Ferro na maneira que Sean Connery foi James Bond. Eu não tenho nenhuma intenção de fazer ‘Vingadores 2′ sem ele, nem eu acho que vão me falar para fazer isso. Eu não acho que é do meu interesse, do interesse da Marvel, ou do interesse dele, e eu acho que tudo vai ficar bem.”
Então depois de ter falado sobre como ele foi criado por uma mãe feminista hardcore, o site perguntou o que Whedon pensava sobre a falta da super heroínas em filmes, sobre o qual ele respondeu:
Fabricantes de brinquedos vão te dizer que não vai vender o suficiente, e as pessoas do cinema irão apontar para os dois filmes de superheroínas terríveis que foram feitos e dizer: Está vendo? Não pode ser feito. É estúpido, e eu estou esperando que ‘Jogos Vorazes’ levará a uma mudança de paradigma. É frustrante para mim que eu não vejo ninguém desenvolvendo um desses filmes. Isso realmente me irrita. Minha filha assistiu ‘Os Vingadores’ e ficou tipo, ‘Meus personagens favoritos eram a Viúva Negra e Maria Hill,” e eu pensei: Sim, é claro que elas eram. Eu li uma coisa bonita que Junot Diaz escreveu: “Se você quiser transformar um ser humano em um monstro, os negue, ao nível cultural, de qualquer reflexão sobre si mesmos.”