“É quase impossível substituir o Robert”, diz Joe Russo. O Homem de Ferro pode ser apenas uma armadura de alta tecnologia pilotada por um gênio auto-destrutivo, mas isso não significa que qualquer um pode ser o Homem de Ferro, de acordo com o co-diretor de Capitão América: Guerra Civil, Joe Russo.

Respondendo a uma pergunta sobre outro ator fazer o papel de Tony Stark, se e quando a associação de Robert Downey Jr. com a Marvel terminar, Russo disse a Forbes, “É quase impossível substituir o Robert, ele é a maior estrela de cinema do mundo.”

Ele acrescentou: “Uma cena do Robert vale o desempenho inteiro de outro ator, ele é incrivelmente inteligente e incrivelmente talentoso. Acredito que, se e quando ele deixar o personagem, as pessoas irão achar que o Homem de Ferro pode desaparecer por um tempo..”

Será que isso significa que o público nunca iria ver um outro Tony Stark? Russo não daria um não definitivo.

“Eu acho que a única maneira que você poderia reiniciar esse personagem é dar uma abertura geracional que permitiria que um outro ator, pelo menos, tivesse a chance de redefinir esse personagem sem que o enorme espectro do Robert pairasse sobre ele”, disse. “Há tantos personagens do universo Marvel que pode continuar o jogo sem ele durante a próxima ou segunda fase, antes que você precise ver o Homem de Ferro, novamente, francamente.”

Homem de Ferro aparecerá em Capitão América: Guerra Civil, estreando dia 28 de Abril. Além disso, seu futuro permanece totalmente incerto …