Quando a Marvel contatou o Chris Evans oferecendo um contrato de nove filmes, ele recusou, então o estúdio voltou atrás e diminui a quantidade de filmes para seis, mas Evans recusou novamente. Ele aceitou um convite para visitar a Marvel Studios, quando a empresa tinha sido recém comprada pela Disney, mas ele deixou claro que não estava planejando mudar de ideia.

A Marvel continuou persistindo e então Evans só resolveu aceitar a proposta após um telefonema encorajador de Robert Downey Jr, e falar com alguns amigos íntimos, em seguida, correu direto para um terapeuta pela primeira vez em sua vida adulta. Ele ama terapia agora, e vai sempre que seu horário permite, mesmo que nada esteja particularmente errado’’. 

Robert diz que assistiu Evans evoluir significativamente no decorrer de sua década na Marvel.

“Eu estive em centenas de cenas com esse cara, e ninguém ri mais do que ele. Às vezes ele me deixa constrangido, tipo, ‘Eu deveria ser mais engraçado?’ é como se ele estivesse apenas se libertando da ansiedade, eu também vi ele nesses últimos 10 anos, deixar de ser alguém que tinha ansiedade social para alguém que se tornou cada vez mais confortável por ser ele mesmo”



Robert também elogia Chris Evans como a pessoa mais engraçada nas mensagens de texto, maneira através da qual os principais ‘Vingadores’ se mantem em contato quando não estão juntos.

“Passei muito tempo apenas em repouso com esse cara, no set” diz Robert “Você sabe – o escudo está na mesa, e estamos esperando as câmeras ficarem prontas e posicionadas, eu tive alguns dos meus melhores momentos de gratidão quando ele estava olhando para mim na minha armadura, e eu olhando pra ele em seu uniforme, e estamos tipo, ‘Jesus, isso ainda está funcionando? Quanta sorte nós temos?’ “

fonte