Há 11 anos atrás, Robert Downey Jr. começava um legado que se estenderia e alcançaria um sucesso inestimável.  E foi em Homem de Ferro que deu a ele não só seu papel mais icônico como também rendeu mais de US$ 20 bilhões (e contando) com a criação do Universo Cinematográfico da Marvel.

Joe e Anthony Russo os diretores que trabalharam com Downey em “Capitão América: Guerra Civil”, “Vingadores: Guerra Infinita” e o agora em “Vingadores: Ultimato”, dizem que a Academia deveria finalmente reconhecer Robert por seu trabalho na Marvel Studios. Mesmo que isso signifique superar o aparente preconceito contra atores em filmes de super-heróis.

“Seu trabalho cumulativo desses filmes é impressionante”, disse Joe Russo, ao promover o recorde de Ultimato esta semana em Washington. “Se você olhar para o trabalho dele nos últimos quatro filmes da Marvel, é fenomenal.  Ele merece um Oscar talvez mais do que qualquer outro nos últimos 40 anos por causa da maneira como ele motivou a cultura popular “.

No mesmo ano, em 2008, Robert já tinha recebido sua segunda indicação ao prêmio pelo filme “Trovão Tropical” na qual ele foi ator coadjuvante. Sua primeira indicação foi por seu papel no filme “Chaplin”.  Mas apesar de elogios recebidos por seu trabalho no papel do gênio Tony Stark, Robert nunca foi reconhecido pela academia.

Assim como outros 17 atores ganhadores do Oscar que também tenham apareceram no Universo Cinematográfico da Marvel, nenhum ganhou por seu trabalho no Studio. Além deles, uma variedade de indicados ao Oscar que também trabalharam para a Marvel, não receberam nenhum reconhecimento.

Os primeiros filmes de “Homem de Ferro” dependiam fortemente do carism e da fala rápida de Downey. Mas um dos benefícios de “Vingadores Ultimato”, é que os diretores conseguem deixar que as cenas de diálogo emocional respirem entre as batalhas. E como o personagem de Robert recebe um arco texturizado envolvendo várias gerações da família, o ator consegue transpassar as emoções aos espectadores aparentemente sem esforço.

Como algumas de suas cenas, “é de partir o coração”, disse Joe Russo. “Ele tem o mundo em lágrimas agora.”


“Ele tem um processo muito envolvido – um processo mais complicado do que qualquer ator com quem já trabalhamos”, disse Anthony Russo. “Ele se aprofunda e trabalha mais que qualquer um. Downey realmente anda uma milha a mais para tudo – é como se tudo o que ele estivesse fazendo fosse algo extremamente especial”.

Além das duas indicações de Robert, outros atores que interpretam os Vingadores têm visto uma grande diferença ao entrar em uma franquia de super-heróis. Mark Ruffalo foi indicado a três Oscars na última década, mas nenhum pela sua carreira como Hulk. Scarlett Johansson foi indicada para quatro Globos de Ouro desde ” Encontros e Desencontros ” de 2003, mas nenhuma desde que assumiu o papel da Viúva Negra, começando com “Homem de Ferro 2” de 2010.

Joe Russo observou que a Academia passou a ver o entretenimento popular de forma diferente, em comparação com o passado de Hollywood.

Visto que filmes como Ben-Hur, Golpe de Mestre, Poderoso Chefão, e Rocky já levaram várias indicações inclusive ganhado como Melhores Filmes.

“Parece que agora há um preconceito contra o cinema popular”, continuou o cineasta. “De certa forma, isso é um pouco triste.”

Lembrando que essa tendência pode estar mudando, aos poucos visto que na premiação desse ano “Pantera Negra” recebeu sete indicações ao Oscar, e ganhou três troféus.

Fonte

A estrela do novo filme “Aquaman“, tirou o chapéu para Robert Downey Jr, por ter criado caminhos para mais filme de super-heróis com “Homem de Ferro“.

Em uma entrevista para a  The Toronto Sun, Momoa foi questionado do porquê demorou tanto tempo para fazerem um filme do Aquaman. O entrevistador também acrescentou que por décadas só tivemos filme do Super Homem e do Batman sendo feitos sem parar. Momoa deu créditos à performance de Robert Downey Jr como Homem de Ferro por ter aberto novos horizontes para uma variedade maior de super-heróis terem seu espaço nas telonas.

“A única coisa sobre [os filmes de heróis] é que agora, as pessoas querem mais,” Momoa diz. “Eles ouviram aquelas histórias, e tem muitas mais para serem contadas, mas eles querem as novas. Quando “Batman V Superman” foi lançado e introduziram a Mulher Maravilha, ela veio e arrebentou. Eu sinto que a Marvel, em seu direito, tem mantido a porta aberta com novos personagens também. Digo, olha o que “Homem de Ferro” fez. Aquilo foi incrível. Quem sabia que diabos o Homem de Ferro fez? Eu definitivamente não sabia. Eu sentia que sabia mais sobre o Aquaman, e eu não sabia quase nada a mais do Aquaman do que do Homem de Ferro (risos). Robert Downey Jr veio e mandou ver. E então, tem todas essas lindas, modernas mitologias que as pessoas se inspiram e é legal ver algo diferente.”

Momoa não está errado. É quase difícil de lembrar, mas Homem de Ferro foi pensado como um personagem não tão admirado e desejado como protagonista antes de 2008. Aquaman, pelo menos, fez aparições em programas como “Super Amigos”. Ele talvez tenha sido tratado como piada por vários fãs, mas ele pelo menos tinha exposição, que era mais do que o Homem de Ferro tinha.

Obviamente, os tempos mudaram. A estréia de Downey em 2008 com “Homem de Ferro” alterou o cenário para os super-heróis na cultura popular. O Universo Cinematográfico da Marvel nasceu, e o gênero “super-herói” virou o investimento de Hollywood. Com aumento da demanda para filmes de super-heróis, mais personagens foram trazidos das “ligas menores” para seus momentos nos holofotes.

Homem de Ferro” nos ajudou a provar que quase qualquer personagem pode fazer sucesso se tiver o ator certo no papel principal e com a equipe criativa correta por trás dele.

 

Fonte

Felizmente não levou muito tempo para que Tony Stark e Pepper Potts consertassem as coisas entre eles. Embora o casal estivesse dando um tempo durante Capitão América: Guerra Civil,  no momento em que ela apareceu ela Homem-Aranha: De Volta Ao Lar, Pepper e Tony estavam muito bem ligados novamente (com direito a uma proposta indireta de casamento) uma história que provavelmente continuará em Guerra Infinita.

 

“Ele e Pepper claramente resolveram suas diferenças”, disse Downey Jr. no set de Guerra Infinita, sobre como o casal reacendeu seu romance. “A maneira como nós resolvemos essas diferenças é que acabamos ficando juntos a longo prazo.”

 

O Homem de Ferro irá, naturalmente, desempenhar um papel importante na nova versão dos Vingadores, mas quando, onde e como a Pepper influencia, a situação de vida.

“Robert e eu definitivamente trabalhamos muito bem juntos”, disse Gwyneth. “Mas eu não acho que você possa construir essa química. É algo que está lá ou não está.”

Vingadores Guerra Infinita estreia dia 26 de Abril

 

FONTE