Como o fim do mundo se parece no Universo Marvel? A julgar por The Avengers, é uma catástrofe após a outra. Primeiro, um semi-deus com um cubo mágico declara guerra na terra, então as tropas de choque e alienígenas monstruosos invadem Nova York, depois fica pior quando uma ogiva nuclear é acionada em Manhattan. Acaba sendo o desastre mais imprevisível de todos (especialmente se você é um executivo da Marvel Studios). O momento em que Robert voa para longe da Terra imaginando nunca mais voltar,pode ser verdadeiro.

Sim, Downey e seu Tony Stark tem apelo magnético considerável e é difícil imaginar a Marvel pedindo ao ator de 47 anos de idade, para fazer qualquer coisa tão cedo. (Na verdade, há um monte de conversas que a Marvel pode enviar Stark de volta aos confins do cosmos como um membro do elenco dos Guardiões da Galáxia.). Downey, com o seu carisma impecável, foi como uma máquina nos últimos cinco anos. Deixando de lado o seu emprego de verão na Marvel, ainda é impressionante o que ele pode fazer: dois filmes da franquia Sherlock Holmes ,uma indicação ao Oscar por Tropic Thunder, um desempenho excelente em O Solista, e a comédia Due Date (o que ele me disse uma vez que ele vê como “uma das mais experiências mais alegres da história “). Nós começamos com a parte 1, ontem, aqui está a parte 2.

EW: Homem de Ferro 3 acontece não muito tempo depois da invasão alienígena em Nova York, onde Tony Stark entrou na batalha ao lado de um deus do trovão, uma lenda viva da Segunda Guerra Mundial e um gigante verde. Será que vamos ver qualquer um desses Avengers neste filme? Ou será que este filme precisa ser só do Tony?

RDJ:  A coisa toda dos Vingadores [com US $ 1,5 bilhões em bilheteria mundial]. Como Kevin disse, o próximo passo depois que é trazer alguém como Shane Black (sem fingir que os Vingadores não existem)  é encontrar uma maneira de voltar para uma espécie de re-investigação do mundo de Tony, que seria divertido para o público e, dois, seria arrasar de uma maneira diferente do que os Vingadores. Onde quer que você olhe nos filmes da Marvel, há oportunidades de novos aliados aparecerem para ajudar. Eles ficam no ar, por assim dizer, e eu não esperaria nada pé no chão desta vez.

EW: Este será seu quinto filme na Marvel Studios em cinco anos, e você estrelou dois filmes de Sherlock Holmes nesse tempo.. Quão desafiador é arranjar tempo para outro drama como Zodíaco, ou comédia como Um Parto de Viagem? Ou experiências, como O Homem Duplo? Eu sei que o interesse da Team Downey vai muito além das franquias de pipoca.

RDJ: Sim, ela vai, e basicamente estamos indo de cabeça nessa direção durante a maior parte de 2013. E a coisa mais agradável sobre esse tipo de sucesso sem precedentes da Marvel, é que eles já são capazes de fazer o que a Warner tem feito, que é evitar a abordagem de início [um projeto escolhendo um release], data, e trabalhar a partir daí. É evitando que você começe uma programação de mais espaço. E, também, o dinheiro sempre diz “Vamos esperar um pouco mais e fazer um pouco melhor.”. Na primeira vez que pensei, o que meu mundo seria se a cada ano eu tivesse que colocar pra fora um produto por mais de uma franquia, o pensamento foi: “Bem, como eu poderei fazer qualquer outra coisa?” Mas nenhum parece estar com pressa, e ainda há um espaço que permite todo o resto.

EW: Quando você considera o amplo aspecto de papéis em todos os filmes lá fora, Stark e Holmes não são tão diferentes. Brilhante, decadente, anti-autoridade, carismático, mas ufanista, eu poderia vê-lo recebendo um grande conhecimento, se esses dois papéis enchessem a tela grande.

RDJ: Sim, definitivamente. Você sabe vendo Denzel Washington em vôo e o diretor do filme, Zemeckis, estar de volta em live-action de modo que eu estava pensando em oportunidades ótimas para nós. Há uma explosão de possibilidades.

Vamos esperar a 3ª parte da entrevista, que será divulgada amanhã.

Fonte